Manaus – Na noite desta segunda-feira (10), em vários bairros da cidade de Manaus, membros da  facção criminosa CV (Comando Vermelho) soltaram fogos de artifício por várias horas, para comemorar a morte de diversos integrantes do alto escalão da facção rival FDN (Família do Norte). 

Circulam nas redes sociais, diversos áudios onde líderes da FDN afirmam que foram traídos por membros internos da facção e aconselham aos poucos soldados que ainda restam para se esconderem. A chamada guerra do tráfico em Manaus escreveu nesta noite mais um capítulo, dessa vez com a possibilidade da facção Família do Norte ser extinta.

De acordo com informações obtidas com exclusividade ao Portal CM7, a motivação para esse grande golpe realizado pelo Comando Vermelho, teria sido as mortes violentas e os crimes bárbaros que vinham sendo executados pelos membros da FDN durante o mês de janeiro deste ano, e que o estopim teria sido a morte das duas adolescentes de 14 anos ocorridas no igarapé do bairro Educandos, Zona Sul da cidade.

Circula nas redes sociais, uma nota emitida por líderes do CV, onde explica que o grande golpe aconteceu devido ao derramamento de sangue desnecessário e a ‘patifaria’ que vinha sendo realizada pela FDN. A nota também diz que 95% do Estado do Amazonas já está sob controle do Comando Vermelho, e que a Família do Norte está mais próxima do que nunca, do seu fim. 

Para mostrar que o território foi conquistado, soldados do crime estão pichando em muros e postes, a sigla da facção CV. Neste momento, moradores da cidade estão apavorados com toda essa delicada situação.