Ministério Público do Estado do Amazonas (MP-AM) deflagrou na manhã desta terça-feira, 27 de fevereiro, a Operação Eldorado para cumprimento de 8 mandados de busca e apreensão domiciliar e pessoal, expedidos pelo Dr. Rafael Cró – Juiz de Direito da 1a Vara de Maués e substituto legal da titular de Nova Olinda do Norte, a serem executados pelo CAOCRIMO/GAECO, com apoio da Polícia Civil, com a finalidade de arrecadar provas e documentos que ajudarão no esclarecimento das investigações que apuram crimes de corrupção ativa e passiva, fraudes em licitação, lavagem de dinheiro e organização criminosa praticados por servidores públicos e empresários donos de empresas de fachada que atuaram no município de Nova Olinda do Norte, entre os anos de 2013 a 2016.

São investigadas 14 pessoas físicas e 5 pessoas jurídicas. As pessoas jurídicas, apesar de terem sócios distintos, pertenciam ao mesmo empresário e juntas, as empresas investigadas, receberam R$ 11.109.492,46 (onze milhões, cento e nove mil, quatrocentos e noventa e dois mil reais e quarenta e seis centavos) no período da apuração. São analisados nesta investigação 21 (vinte e um) processos de licitação e 2 (duas) contratações diretas.

Estão sendo cumpridos 8 (oito) mandados de busca e apreensão domiciliar e pessoal na cidade de Manaus, nas sedes das empresas e residências dos investigados.