Manaus 27º
domingo - 11 de abril de 2021

Mãe de Henry é recebida na cadeia aos gritos de “vai morrer, vagabunda”

Compartilhe

Brasil – Monique Medeiros, mãe do menino Henry, foi recebida no presídio em Niterói aos gritos de “vai morrer”.

Ela ficará isolada por 14 dias em uma cela por causa da pandemia. Mas em razão da repercussão do caso, poderá permanecer sozinha por medidas de segurança.

Ela e o namorado, o vereador Dr. Jairinho, foram presos na quinta-feira, suspeitos do envolvimento na morte da criança de apenas 4 anos.

 

Deixe seu comentário