Manaus – Na manhã desta segunda-feira, 7, apontado como um dos líderes do massacre no Compaj José de Arimateia Façanha do Nascimento, de 33 anos, foi preso na vila Itaquera, na região do baixo Rio Branco, no Sul de Roraima.

José que é conhecido como ‘Ari’, estava foragido desde janeiro de 2017. Ele é apontado como um dos líderes do massacre que resultou na morte de 56 presos no Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj), em Manaus.

Segundo informações da polícia, o foragido estava vivendo na vila com a mulher e os filhos. O paradeiro dele foi descoberto por meio de investigações em parceria com policiais do Amazonas.

Quando escapou do Compaj, Arimateia cumpria pena por latrocínio, que é o crime de roubo seguido de morte. No entanto, depois da fuga, passou a responder também por envolvimento no massacre dos presos e roubo.

Depois de chegar a Boa Vista, na madrugada de domingo, 6, o foragido foi mantido na sede da Dicap, na zona Sul da capital. Ele deve ser transferido para o Amazonas ainda nesta segunda-feira.