Manaus – Na manhã desta quinta-feira, 22, por volta das 6h, a Polícia Civil deflagrou uma operação policial na Comunidade Nossa Senhora de Fátima, na zona norte de Manaus, que resultou na prisão preventiva em nome de Ismale Reis de Sena, 29, líder de uma facção criminosa surgida no Sudeste do país. Durante a ação, Junielson Sales dos Reis, 29, o “Juninho Paraense”, e Bruno Estácio da Silva, 25, também foram presos em flagrante por envolvimento com o tráfico de drogas.

De acordo com a titular do 27º Distrito Integrado de Polícia (DIP), os trabalhos seriam para desarticular o tráfico de drogas na Comunidade Nossa Senhora de Fátima. A delegada também explicou que durante a operação foram cumpridos 11 mandados de busca e apreensão e dois mandados de prisão preventiva.

Ismale e Bruno foram presos na casa da sogra, localizada na rua 55, na Comunidade Nossa Senhora de Fátima. Já o “Juninho Paraense” foi preso na casa onde morava, na rua Galileia, na mesma comunidade. Durante a abordagem, o criminoso ainda tentou fugir, mas foi alcançado pelas equipes de polícia. Ao todo, foram encontraram 156 kits de drogas contendo pasta de base de cocaína e pedras de oxi, sendo 106 com “Juninho Paraense” e 50 com Bruno, além de material para mistura e embalo de drogas.

No prédio do 27º DIP, Bruno e “Juninho Paraense” foram autuados em flagrante por tráfico de drogas. “Juninho Paraense” também foi indiciado pelo mesmo crime, assim como Ismale, em razão dos mandados de prisão preventiva em nome deles. Ao término dos procedimentos cabíveis na unidade policial, Junielson e Bruno serão levados para Audiência de Custódia no Fórum Ministro Henoch da Silva Reis, bairro São Francisco, zona sul de Manaus. Após a audiência, Junielson será conduzido ao Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM), para onde Ismale também foi encaminhado.