Manaus – A juíza de Direito titular da 2ª Vara do Tribunal do Júri da Comarca de Manaus, Ana Paula de Medeiros Braga Bussulo, determinou a transferência de Mayc Vinícus Teixeira Parede da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DHES) para o Centro de Detenção Provisória de Manaus II (CDPM II). Mayc confessou à polícia a autoria do homicídio do engenheiro Flávio Rodrigues dos Santos.

De acordo com o advogado do suspeito, Josemar Berçot, o cliente “teme pela vida” e o pedido de transferência considera as condições de segurança da delegacia onde o suspeito está preso. Além de Mayc, outros cinco homens estão presos suspeitos de envolvimento no caso.