Jovem executada no Mutirão teria caído em ‘casinha’ após sair com homem casado; imagens fortíssimas

Por Letícia Souza em 12 de agosto de 2021 às 21:43 | Atualizado 12 de agosto de 2021 às 22:08

Manaus – Na noite desta quinta-feira (12), uma jovem identificada como Lorrana Vicente da Silva, de 13 anos de idade, foi assassinada em uma quadra localizada na avenida Alphaville, bairro Mutirão, zona Norte da capital amazonense.

De acordo com informações de populares, a jovem estava sentada em um banco da quadra, quando três homens armados se aproximaram e efetuaram vários disparos contra a vítima, que morreu na hora.

A principal suspeita da motivação do crime é que a jovem teria um caso com um homem casado, e a relação extraconjugal supostamente foi descoberta pela esposa dele, que armou uma ‘casinha’ para a vítima. Lorrana recebeu uma ligação, foi levada até a quadra, e acabou sendo alvo de diversos tiros.

Conforme a 27ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), Lorrana não residia no bairro em que foi morta, mas sim no Tancredo Neves.

A família foi informada da execução e compareceu ao local do crime, onde reagiu com grande desespero diante da morte da jovem.

O Instituto Médico Legal (IML) foi acionado para realizar a remoção do corpo. A Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) deve investigar o caso.

Deixe seu comentário