'João Branco' é condenado a 30 anos de prisão por morte de delegado - Portal CM7 - Notícias de Manaus e Amazonas
Manaus - Amazonas - 20:35
20 de Abril de 2019

PL 4861


‘João Branco’ é condenado a 30 anos de prisão por morte de delegado

Foto Divulgação


Manaus – Na madrugada deste sábado, 14, o narcotraficante João Pinto Carioca, conhecido como “João Branco”, foi condenado a 30 anos e dois meses de prisão pelo assassinato do delegado de Polícia Civil Oscar Cardoso.

Messias Maia Sodré foi condenado a 21 anos e 4 meses, enquanto as sentenças de Diego Bruno e Marcos Roberto Miranda da Silva foram de 25 anos e 11 meses, para cada um. O grupo foi condenado por homicídio qualificado e associação armada.

O julgamento teve início por volta das 10h desta sexta-feira, 13, no Fórum de Justiça Ministro Henoch Reis, em Manaus.

Durante a manhã, foram ouvidas testemunhas de acusação, testemunhas apontadas pelo Ministério Público e testemunhas que falaram sobre a motivação do crime.

Deixe seu like:

FAÇA SEU COMENTÁRIO SOBRE ESTA NOTÍCIA