Veterinária atropelada em Manaus morre de Covid durante recuperação no hospital

Por Rodrigues em 13 de janeiro de 2021 às 17:15 | Atualizado 13 de janeiro de 2021 às 17:39
A família da veterinária Rayra Elias, 26 anos, está em campanha nas redes sociais por justiça. A jovem morreu na última sexta-feira, no João Lúcio, vítima de Covid, onde deu entrada com traumatismo craniano e outros ferimentos após ser atropelada por uma Ford Ranger no dia 20 de dezembro.  Desde então parentes amigos tentam localizar o condutor do veículo, que fugiu sem prestar socorro na avenida do Turismo, local onde aconteceu o acidente, por volta das 22h.

Rayra foi atendida pelo Samu e levada ao João Lúcio

 

Tia da vítima, Elizandra Elias contou nesta quarta-feira ao Portal CM7 que a família está destruída. “Estamos muito abalados, uma moça jovem tudo pela frente. Futuro imenso e a revolta fica. Estamos querendo justiça. ” Elizandra postou fotos de pedaços do carro que ficaram pelo caminho. “Vamos compartilhar nos grupos ate acharmos o infrator….Boa tarde pessoal! Venho através deste post pedir o apoio de todos para localizar o (a) condutor (a) de um carro modelo Ford Ranger, que atropelou minha sobrinha no dia 20/12/2020 (domingo) por volta das 22h na avenida do Turismo. No ato imprudente, pois o condutor estava em alta velocidade, o mesmo atingiu minha sobrinha que atravessava a avenida e em seguida fugiu após o ocorrido.”, escreve.

Família postou foto do carro que diz ser a Ranger conduzida pelo atropelador

 

Além da dor, da saudade e da revolta, não sobrou mais nada na família, que tenta espalhar ao máximo a campanha. Não prestar socorro é crime previsto no Código de Trânsito.  ” Meu número (92)981927897/wats 92) 991542553″, divulga Elizandra, na busca incansável por fazer justiça em memória da sobrinha, alegre, cheia de vida, vítima do trânsito e da Covid, ao mesmo tempo.

Local do atropelamento

 

Fotos das peças do carro que ficaram na rua:

 

Deixe seu comentário