Manaus – Na manhã desta terça-feira (07/07), por volta das 10h30, policiais civis da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), cumpriram mandado de prisão preventiva em nome de Douglas Marinho Pontes, de 25 anos, pela autoria do homicídio do próprio irmão, identificado como Dalison Marinho Pontes, que tinha de 30 anos. O crime ocorreu no dia 29 de junho deste ano, em via pública, na rua Antônio José Saraiva, bairro Compensa, zona oeste da capital.

Durante coletiva de imprensa realizada na tarde desta terça, às 14h30, na DEHS, a delegada Marília Campello explicou que na ocasião do crime, Douglas e Dalison iniciaram uma discussão e, posteriormente, o infrator foi até a casa da namorada dele, onde pegou uma arma de fogo, e efetuou um disparo nas costas da vítima. A ação criminosa foi presenciada pelo pai deles.

“A vítima ainda chegou a ser encaminhada para uma unidade hospitalar da cidade, mas não resistiu aos ferimentos e veio a óbito. Com base nisso, solicitei à Justiça pelo mandado de prisão preventiva em nome dele, a ordem judicial foi expedida na última quinta-feira (02/07), pela juíza Andréa Jane Silva de Medeiros, do Plantão Criminal”, enfatizou Campello.

A autoridade policial destacou que, após a expedição da ordem judicial, as equipes iniciaram as diligências para localizar e prender o indivíduo, porém nesta terça-feira, ele compareceu ao prédio da DEHS, onde foi cumprindo o mandado.

Procedimentos – Douglas foi indiciado por homicídio. Após os trâmites legais na unidade policial, ele será encaminhado para a Central de Recebimento e Triagem (CRT), onde deverá passar por audiência de custódia, a ser realizada por meio de videoconferência.