Homem que matou mulher estrangulada e jogou corpo em rua de Manaus é condenado pela Justiça

Por Letícia Souza em 24 de novembro de 2021 às 18:19 | Atualizado 24 de novembro de 2021 às 18:19

Manaus — Nesta segunda-feira (22), Salmo Lopes de Oliveira foi condenado a 17 anos de prisão pela morte de Hellem Cristina Almeida de Araújo. O crime ocorreu em março de 2017, na rua Bem-Te-Vi, bairro Cidade de Deus, zona Norte da capital amazonense.

A Polícia Militar informou, à época, que Salmo contratou Hellem para um serviço de acompanhante sexual. Em determinado momento, ele desconfiou que ela havia furtado dinheiro de sua carteira.  A vítima negou e os dois acabaram entrando em discussão, momento em que ele aplicou o golpe de “mata leão” na mulher e ela morreu asfixiada.

Em seguida, o homem arrastou e jogou o corpo da vítima na rua. Na época, ela tinha 28 anos e era mãe de oito filhos.

Como o réu está foragido, na leitura da sentença, a juíza que presidiu a sessão determinou a prisão preventiva dele.

Deixe seu comentário