Manaus – No dia em que comemorava 26 anos, o metalúrgico Alcicley da Silva Oliveira, morreu após se afogar em uma piscina natural de um balneário, localizado no ramal do Brasileirinho, na Zona Leste de Manaus. O caso aconteceu na tarde desta quarta-feira (12), por volta das 16h.

A tragédia abalou a família da vítima porque, além do aniversário, Alcicley também comemorava os seis meses de gestação da esposa.

“Ele estava muito feliz com a chegada do primeiro filho, mas infelizmente não vai conhecer a criança. A mulher dele está muito abalada”, relatou uma amiga de Alcicley, uma estudante de 17 anos, que presenciou a fatalidade.

Um sobrinho da vítima, um adolescente de 15 anos que também estava no balneário, informou que Alcicley já estaria comemorando desde a noite de terça-feira.

“Ele estava de resseca e hoje resolveu reunir a família no banho. Estávamos brincando, quando ele mergulhou e não retornou. Demorou cerca de 20 minutos para que achássemos o corpo dele. Acreditamos que ele teve câimbra. Infelizmente, não deu para socorrê-lo”, contou o sobrinho.

Mesmo sem sinais vitais, Alcicley foi levado pelos familiares até o Hospital Platão Araujo, onde o corpo foi removido para uma funerária. Os últimos momentos de vida do metalúrgico foram registrados em fotos. A vítima que foi descrita pela família como um grande amigo e uma pessoa bastante brincalhona, queria por todos e que agora deixa saudades.

“Ainda não caiu a ficha, ele era muito querido. Era mais que um tio, era um amigo para mim”, lamentou o sobrinho.