Manaus – Nesta terça-feira (21), um homem de 48 anos foi preso pelo crime de estupro de vulnerável. Ele é investigado desde 2011, quando teria iniciado a cometer os abusados contra a própria enteada, de 28 anos, portadora de deficiência intelectual, e outras três sobrinhas da mesma família, tendo elas 14, 16 e 18 anos.

Segundo informações, o homem aproveitava quando as vítimas adolescentes iam para a casa da avó delas e lá ele as apalpava, além de colocá-las em seu colo para praticar atos libidinosos. Com a enteada, no entanto, o homem consumava o ato, e chegou até mesmo a engravidar a mulher deficiente de 28 anos, mas ela acabou por ter um aborto espontâneo.

A prisão foi possível graças a uma denúncia que concluiu que o criminoso estava morando na comunidade São João, no km 4, na Rodovia Federal BR-174, zona rural de Manaus. O mandado de prisão já havia sido expedido pelo juiz Ian Andrezzo Dutra, da 1ª Vara Especializada em Crimes Contra Dignidade Sexual da Criança e Adolescente, em abril deste ano.

O homem será indiciado por estupro de vulnerável. Ao término dos procedimentos cabíveis na Delegacia Especializada, ele será levado para a Central de Recebimento e Triagem (CRT), onde deve passar por audiência de custódia via videoconferência.