Manaus – Policiais civis da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) prenderam Jonathas de Souza Costa, de 21 anos, apontado como autor do assassinato do adolescente Rômulo Abreu Barroso, der anos 17, ocorrido no dia 23 de setembro deste ano, no loteamento Parque dos Estados, Zona Norte. O autor do crime foi preso em cumprimento mandado de prisão preventiva no bairro Cidade de Deus.

Em depoimento, Jonathas confessou o crime e informou que desferiu diversos golpes de madeira no corpo e rosto da vítima, após ver Rômulo trafegando pela área na qual o suspeito comercializava entorpecentes.

De acordo com Raphael Campos, adjunto da DEHS, o corpo de Rômulo foi encontrado por populares. Ele estava com o rosto completamente desfigurado, não sendo possível identificação rápida. Durante as investigações, foi constatada a identidade do autor e representado à Justiça o pedido de prisão em nome dele.

“A vítima foi encontrada no bairro Cidade de Deus com diversas marcas de instrumento perfurocortante. Ao lado do corpo encontramos perna manca, pedaço de pau com pregos na ponta. O Jonathas pensou que a vítima estava servindo de ‘olheiro’ para outro grupo criminoso que iria invadir a boca de fumo dele, por isso matou a vítima”, salientou.

O delegado disse, ainda, que a vítima era usuária de entorpecentes. Jonathas confessou o envolvimento dele com o tráfico de drogas, mas ainda não passagem policial pelo crime.

A ordem judicial em nome de Jhonatas foi expedida no dia 27 de setembro deste ano, pela juíza Patrícia Macêdo de Campos, no Plantão Criminal.

Jhonatas foi indiciado por homicídio. Ao término dos procedimentos cabíveis no prédio da DEHS, ele será encaminhado ao Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM), onde irá permanecer à disposição da Justiça.