Manaus – Na tarde de segunda-feira, 29, uma mulher identificada como Mary Lucia da Silva Ribeiro, 45, foi agredida com vários socos no rosto por um pastor que é vizinho dela, na rua Êxodo, na Colônia Terra Nova, zona Norte de Manaus.

De acordo com a vítima que é homossexual, o pastor a abordou dizendo que ela estava filmando ele com o celular que ela havia acabado de ganhar, e não sabia mexer direito. Ele também a chamo de “aberração” e disse que ia estuprá-la até que ela virasse mulher após várias agressões, um motociclista viu a briga e apartou os dois. A mulher também relatou à polícia que o agressor já teria agredido ela em 2014 e que o processo corria na Justiça.

Mary Lucia registrou um Boletim de Ocorrência na Delegacia Especializada em Crimes Contra a Mulher (DECC), mas como já possui um processo na Justiça, o caso foi encaminhado para o 18º Distrito Integrado de Polícia (DIP) que deve investigar o caso.