Guerra do tráfico vai para as redes sociais; comparsas prometem vingança pela morte de chefe do tráfico em comunidade - Portal CM7 - Notícias de Manaus e Amazonas
Manaus - Amazonas - 09:33
25 de Junho de 2019

Topo


Guerra do tráfico vai para as redes sociais; comparsas prometem vingança pela morte de chefe do tráfico em comunidade


A guerra do tráfico em São Gonçalo, na Região Metropolitana do Rio, migrou para as redes sociais. Em áudios, vídeos, fotos e mensagens pela internet, integrantes dos grupos agora rivais fazem ameaças e prometem vingança. O racha nas comunidades Jardim Catarina e Salgueiro, ambas no município, começaram na última quinta-feira. A Polícia Civil investiga a informação de que Schumaker Antonácio do Rosário e pelo menos dois comparsas foram mortos pelo antigo aliado, Thomaz Jhayson Vieira Gomes, o 2N. Os corpos ainda não foram encontrados.

Em vídeo que circulava ontem nas redes sociais, 2N era ameaçado. “Nós ‘tá’ com a tropa. Já dominamos tudo. 2N tá peidando. Ele está lá pra serra. Nós tomamos tudo, parceiro. Ele tá correndo, tá peidando”, dizia um homem que mostrava apenas um fuzil na gravação. Em um áudio que circulava no WhatsApp, o interlocutor diz que 2N será morto por vingança:” Estão trazendo ele arrastado para o (Jardim) Catarina. Vão acabar com ele, arrancar o coração dele. Os caras estão falando aí”, falou o homem no áudio.

Em vídeo, homem aponta fuzil e faz ameaças a 2N
Em vídeo, homem aponta fuzil e faz ameaças a 2N Foto: Reprodução

Uma mensagem de texto que circulou no WhatsApp anunciava que comparsas ligados ao traficante Antônio Ilário Ferreira, conhecido como Rabicó ou Coroa, chefe do tráfico no Jardim Catarina e no Salgueiro, tentariam retomar as comunidades das mãos de 2N: “A guerra vai começar daqui a pouco, cerca de 300 cabeças vieram para reforçar e retomar as comunidades para o coroa, os ‘crias’ que não aceitaram o golpe mais as outras comunidades que abraçaram a causa”.

Uma foto que circula no WhatsApp e nas redes sociais mostra 2N retratado como uma espécie de Judas: na imagem, um boneco está com uma palaca na frente, com os dizeres “2N traidor safado”, e há pelo menos sete fuzis apontados para ele.

Por outro lado, também se multiplicaram nas redes sociais mensagens de toque de recolher no Jardim Catarina, com ameaças que teriam sido feitas por 2N. Em uma delas, um homem se identifica como o traficante determina que os moradores do Jardim Catarina não saiam de casa. “Já tô avisando. Morador do Catarina não sai de casa hoje. Quem tiver na rua hoje vai morrer, parceiro. É toque de recolher. 17h da tarde, não quero ninguém na rua. Meus soldados vai invadir tudo. Se tiver morador na rua, vai tomar tapa na cara. Aqui no Salgueiro nós ‘respeita’ morador, mas eu não quero ninguém na rua. Vai começar a guerra urbana no caô”, diz o homem.

Os vídeos, áudios, fotos e mensagens compartilhados nas redes estão sendo monitorados pelo setor de inteligência do 7º BPM (São Gonçalo).

O traficante Schumaker Antonácio do Rosário
O traficante Schumaker Antonácio do Rosário Foto: Reprodução

O traficante Rabicó, que está preso na unidade federal de Catanduvas, no Paraná, é o chefe do tráfico no Jardim Catarina e no Salgueiro. A primeira comunidade era comandada por Schumaker e a segunda, por 2N. A Polícia Civil apura a informação de que a cúpula da maior facção criminosa do Rio teria ordenado a morte de 2N e o traficante contra-atacou, já que Schumaker assumiria o seu lugar. Segundo informações investigadas pela polícia, Schumaker foi morto no Salgueiro.

Fonte O Extra

Gostou deste post?

Média / 5. Avaliações:

Deixe seu like:

FAÇA SEU COMENTÁRIO SOBRE ESTA NOTÍCIA