Na manhã desta quarta-feira (3), por volta das 6h, policiais civis da Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca) cumpriram mandado de prisão, em razão de sentença condenatória, em nome de um autônomo identificado como Zacarias Afonso de Freitas, de 67 anos. O idoso foi condenado a nove anos e quatro meses de prisão, após ter mantido relações sexuais com uma criança em 2010. Na época, a vítima tinha apenas 10 anos de idade.

 

A ação policial, que teve o comando da delegada-geral, Emília Ferraz, e a coordenação da delegada Joyce Coelho, titular da Depca, culminou na prisão do infrator na residência dele, situada no bairro Compensa, zona oeste de Manaus. De acordo com as investigações em torno do caso, na época em que o crime foi cometido, Zacarias era vizinho da vítima. Aproveitando-se da proximidade com a criança, ele conseguiu atraí-la para oferecer pequenos valores de dinheiro em troca de sexo.

 

“Na ocasião das relações sexuais, que ocorreram reiteradas vezes ao longo de um ano, o autônomo oferecia baixas quantias, que variavam entre R$ 5 e R$ 10, para manter relações sexuais com a menina. Entretanto, em um dos encontros, o pai da vítima flagrou o ato e realizou, imediatamente, a denúncia. O caso foi enviado à Justiça, onde o idoso teve a condenação decretada”, explicou a titular da Depca.

 

A delegada informou que o mandado de prisão em nome do idoso foi expedido no dia 26 de abril de 2019, pela juíza Patrícia Chacon Loureiro, da 1ª Vara Especializada em Crimes contra Dignidade de Crianças e Adolescentes.

 

Procedimentos – Zacarias foi condenando a nove anos e quatro meses de prisão em regime fechado. Após os trâmites na sede da especializada, o idoso será encaminhado para a Central de Recebimento e Triagem (CRT), onde deverá passar por audiência de custódia, a ser realizada por meio de videoconferência.

Fonte: Policia Civil