Estuprador acostumado a agredir mulheres vai passar ‘férias’ no Compaj

Por Bruno Almeida em 5 de abril de 2021 às 15:57 | Atualizado 5 de abril de 2021 às 15:57

Manaus – A Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), por meio da Delegacia Especializada em Crimes Contra a Mulher (DECCM) centro-sul, cumpriu, na manhã desta segunda-feira (05/04), por volta das 9h, mandado de prisão em nome de um homem de 26 anos, por descumprimento de medida protetiva e violência doméstica praticado contra sua ex-companheira, uma mulher de 24 anos. A prisão ocorreu no bairro Tancredo Neves, zona leste de Manaus.

De acordo com a delegada Débora Mafra, titular da Especializada, mesmo após ser notificado de que não poderia manter nenhum tipo de contato ou se aproximar da vítima, o homem continuava enviando mensagens e indo até a residência da mesma.

“A mulher acusou o indivíduo de injúria e violência doméstica em fevereiro deste ano, além de um suposto estupro de vulnerável praticado contra a filha dela, que será investigado pela Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca)”, informou a delegada.

Conforme a autoridade policial, essas acusações levaram ao fim do relacionamento de dois anos do casal. Ele também já responde por uma ocorrência de violência doméstica praticada em 2019 contra uma ex-companheira dele. A ordem judicial em nome dele foi expedida no dia 31 de março deste ano, pela juíza Luciana da Eira Nasser, do 2° Juizado Especializado da Violência Doméstica.

Deixe seu comentário