Envenenamento pode ter sido a causa da morte do preso do Ipat

Neste domingo (23), a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) informou que Jeferson Marcelo Serafim, 38, detento do Instituto Penal Antônio Trindade (Ipat), morreu na enfermaria da unidade prisional, na qual ele estava internado desde sexta-feira (21) por dores nas pernas.

Além das dores nas pernas, o detento também apresentava pressão alta e coceira nos membros inferiores. Ele iria ser encaminhado ao hospital, quando parou de responder aos estímulos da equipe técnica de enfermagem.

A causa ainda é desconhecida, mas a Seap está aguardando a conclusão do laudo do Instituto Médico Legal (IML).

Jeferson estava preso desde janeiro deste ano, após denúncia anônima ter informado que ele estava vendendo drogas. A Polícia encontrou com ele, no dia da prisão, 5 tabletes de skunk e uma grande porção de haxixe.

ver mais notícias