Manaus – Na última quinta-feira, 25, o enfermeiro Ronaldo Augusto Ferreira de Souza, 45 foi condenado a 17 anos de prisão por estuprar mulheres dentro da Unidade Básica de Saúde (UBS) Lourenço Braga, localizada no bairro Japiim, zona Sul de Manaus.

O caso foi analisado pela Vara Especializada em Crimes contra Crianças e Adolescentes, que determinou 16 anos de reclusão e um ano de detenção. O caso foi denunciado por janeiro de 2014 quando um total de cinco vítimas relataram terem sido dopadas e estupradas por Ronaldo, incluindo adolescentes. A ex-diretora da UBS, Cândida Rosa Fernandes Lima dos Santos, também foi condenada. Ela vai prestar serviços comunitários. Não foi informado em qual presídio o enfermeiro vai cumprir pena.

A sentença foi publicada nesta sexta-feira, 26, no Diário Eletrônico do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM).