Brasil – Um sargento da Polícia Militar (PM) acabou preso nesta última quinta-feira (5) por ter estuprado durante três anos a própria filha. A prisão ocorreu durante a operação “Eu acredito em você”, em Minas Gerais.

A denúncia foi feita pela própria adolescente, que atualmente tem 16 anos, mas que sofreu os abusos sexuais e psicológicos desde os 13 anos de idade.

A vítima relatou que o pai, de 51 anos, a obrigava a tirar fotos nua em troca de dinheiro para comer, a fazia dormir e tomar banho com ele todos os dias, além de violentá-la sexualmente.

Além do PM, outros três homens foram detidos na mesma operação, que busca incentivar vítimas desses abusos a denunciarem, e prender os agressores.