Manaus – Na noite da última quinta-feira (08), o principal suspeito do brutal assassinato da jovem Emilaine Souza, o enfermeiro André Felipe Silva dos Santos, de 28 anos, foi preso após confessar o crime.

André teria ido à delegacia apenas para depor como um amigo próximo, já que morava com a vítima, mas foi encurralado com diversas provas e não conseguiu sustentar a mentira, acabou confessando cada detalhe de como matou a jovem e o que o motivou.

Ele aponta que tinha um relacionamento aberto com a vítima, mas que não suportava mais vê-la com outros homens, então ele decidiu que se ela não fosse só dele, não seria de mais ninguém.

Emilaine estava dormindo quando foi surpreendida com André furando suas costas e todo o seu corpo, com aproximadamente 30 facadas.

De acordo com a Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), o crime foi planejado pois o homem, um dia antes do crime, disse a todos os amigos que iria viajar, até mesmo para a vítima. Todos acreditavam que ele estava viajando quando Emilaine foi morta, no dia 29 de setembro.

Familiares protestaram bastante para que a justiça fosse feita, e agora podem dormir em paz.

MAIS LIDAS:

Jovem é assassinada com mais de 35 facadas, em Manaus