Depois de ser executada por traficante, recepcionista do restaurante 'Barollo' é enterrada - Portal CM7 - Notícias de Manaus e Amazonas

Adsense Responsivo

Depois de ser executada por traficante, recepcionista do restaurante ‘Barollo’ é enterrada

Postado por Rafael Damasceno - 22/05/2018 19:12    

Manaus – Parentes e amigos velaram, durante toda a noite de ontem e hoje o corpo da universitária Bruna Freitas Rodrigues, em uma igreja na rua Humberto de Campos, no bairro são Jorge, zona Oeste de Manaus.

O bairro é o mesmo onde Bruna cresceu e onde moram a mãe e avó da vítima. Durante o velório, amigos e familiares demonstraram, além da tristeza, apreensão. Segundo um amigo, que não quis ter o nome divulgado, parentes estavam surpresos com medo do namorado de Bruna o Traficante “Carlinhos do Alvorada” tentar fazer algo com algum familiar.

NAMORADO TRAFICANTE
Conforme informações Policiais, o namorado da jovem, Carlos Alberto dos Reis, o Carlinhos do Alvorada, não tinha o costume de frequentar a casa da mãe e avó de Bruna, e teria ido uma ou duas vezes no bairro, pois o seu principal rival o traficante e assassino Sandrinho que estava preso e fugiu recentemente comandava o tráfico de drogas naquele bairro. “Bruna sempre foi muito alegre e simpática com as pessoas e estava sempre sorrindo. Ela ostentava roupas, celulares e objetos caros, tudo bancado pelo traficante Carlinhos”, disse o amigo.

Bruna morava em uma casa alugada com o namorado traficante, no bairro da Compensa, onde é um dos setores do traficante chefe da FDN Zé Roberto. Até o presente momento ele está foragido desde o dia do assassinato e até agora não se apresentou a Polícia.

SUSPEITAS DO CRIME
Uma das principais suspeitas da polícia é que Bruna foi assassinada por conta da guerra no tráfico de drogas, já que seria namorada do traficante Carlinhos.

Para a polícia, Carlinhos é um sanguinário chefe do tráfico no Alvorada, ligado à facção criminosa Família do Norte (FDN), do narcotraficante João Branco, sócio de traficantes como Matheuzinho, sobrinho de Marcos Pará. Carlinhos é conhecido como “Mal” e “Panda”, pelos assassinatos cruéis, tem em suas fileiras “Lágrima”, que executa vítima sem piedade. Bruna foi morta na segunda, no Parque Dez, com quatro tiros.
Marcos Pará foi preso em 2014 por envolvimento na morte do delegado Oscar Cardoso. Frednilson Souza Ribeiro, o Lágrima, usando nome falso juntamente com o traficante Carlinhos, participaram do julgamento de João Branco, no Fórum Henoch Reis. Onde driblaram a segurança, mesmo tendo um mandado de prisão em aberto por homicídio. Estava ao lado de ninguém menos que Matheuzinho do Alvorada.

LUXO E TRAIÇÃO
Bruna recebia presentes caros de Carlinhos. Com o lucro de aproximadamente R$: 500 mil reais por semana do tráfico de drogas nas Alvoradas 1, 2, e 3, e proximidades, ele sustentava o luxo da namorada. Até que teria descoberto uma traição dela, com outro traficante, e os dois se separaram há pouco tempo.

Alexsandro Oliveira dos Santos, 32, o Sandrinho, preso em fevereiro, confessou que estava pronto para matar Carlinhos. Ele é da facção adversária da FDN, o Comando Vermelho, de Gelson Carnaúba, o Mano G. É possível que o CV estivesse procurando Carlinhos, por intermédio da Bruna Rodrigues, há informações que uma das irmãs da Bruna, chamada Fernanda tem envolvimento amoroso com o Sandrinho que fugiu recentemente da penitenciaria.

Bruna acabou se envolvendo nesse amor fatal. A polícia trabalha, desde que ela foi assassinada, nesta segunda (21), com duas hipóteses para a morte dela.

A primeira é que Bruna foi perseguida por rivais de Carlinhos, que queriam a localização dele. Ela se negou e, mesmo com o carro crivado de balas, conseguiu fugir do São José para o Parque Dez. Chegando lá, os bandidos å fizeram sair do carro e desferiram os quatro tiros fatais. Também há registros que Carlinhos recebeu uma ligação do telefone de Bruna minutos antes de ser morta.

A outra versão é de que o próprio Carlinhos teria encomendado a morte dela, furioso com a traição com outro Homem que também seria um traficante muito conhecido do bairro Alvorada chamado Danilo, onde a mesma estava utilizando o próprio veículo que o traficante da Caixa D’água do bairro Alvorada utilizava, sendo que varias testemunhas viram o traficante Carlinhos discutindo com Bruna dentro da casa de festas “FORRÓ DO CHEFE” que fica localizado na rua 4 em frente a Fundação Bradesco no bairro Alvorada 2

VINGANÇA
Segundo informações de uma fonte segura, Carlinhos está planejando um assassinato em massa de varios membros do comando vermelho, como ele possui a maior parte do tráfico de Drogas em Manaus, Carlinhos estaria recrutando vários membros da FDN para realizar um ataque no bairro Multirão e São Jorge onde teriam parentes e familiares de Sandrinho e também do traficante Tio Patinhas.

PROCESSO
Carlos Alberto Soares dos Reis, o Carlinhos do Alvorada, responde há um processo de HOMIDICIO no Tribunal do Júri, investigado pela delegacia de Homicidios (TJ). A distribuição, à 3ª Vara do TJ, ocorreu dia 03/12/2014.

“O Carlinhos movimenta em torno de R$ 500 mil, em drogas, por semana, na região do Alvorada”, disse uma fonte policial. Ele está foragido até o presente momento.

“Várias meninas bonitas acabam sendo vítimas das promessas de traficantes. Eles primeiro as cobrem de luxo. Depois ou se cansam do relacionamento e as matam, como “queima de arquivo”, ou as matam por ciúmes. A violência, infelizmente, é parte da rotina desse tipo de relacionamento”,

 

Fonte: Portal Marcos Santos

Anuncie em Nossas Pesquisas
Anuncie nas Últimas Notícias
 
Aplicativo da Rádio CM7