MANAUS – Na tarde desta segunda-feira (27), uma confusão aconteceu dentro do Cemitério Nossa Senhora de Aparecida, no Tarumã, Zona Oeste da capital, após familiares dos falecidos não concordarem com o novo método de sepultamento adotado pela administração do cemitério, que determina o enterro de corpos em covas coletivas de forma empilhada, ou seja, um caixão em cima do outro, separados apenas por folhas de compensado.

De acordo com informações da Administração, essa foi a forma encontrada para solucionar a falta de espaço disponível no cemitério para o sepultamento dos falecidos.

A polícia foi acionada para interceder na situação, e um PM aparece nas imagens informando aos familiares, o motivo da medida.

Essas terras aqui tem dono, para eles [cemitério] abrirem mais espaço, os donos da terra tem que autorizar, então a situação é essa, o espaço que tem aqui é esse“, disse o militar.

Pessoas que presenciaram a ocorrência, registraram imagens chocantes do fato, assista:

O Portal CM7 entrou em contato com a administração do cemitério através do telefone (92) 3658-4000, mas nossas ligações não foram atendidas.