Covardia: Médico 'surta', tortura e espanca a esposa em festa de médicos, em um flutuante no Rio Negro.
Manaus - Amazonas - 11:17
17 de Julho de 2019

Banner +100 milhoes


Covardia: Médico ‘surta’, tortura e espanca a esposa em festa de médicos, em um flutuante no Rio Negro.



Manaus- Na tarde de sábado (16), o médico Gustavo Machado Pereira (37), espancou furiosamente e covardemente a esposa Glenda Rafaella (25). Casados há 2 anos e com uma filha, o casal vivia sempre brigando e as agressões só aumentaram a cada dia.

Segundo informações de familiares, Glenda saiu da faculdade Nilton Lins onde cursa o último ano de odontologia para encontrar o marido que foi convidado para uma festa de médicos em um flutuante no Rio Negro. Atravessaram o rio para o flutuante e durante o evento, já um pouco embriagado, o médico ‘surtou’ com ciúmes da esposa e começou a gritar que ela estava com outro, no meio do evento com várias pessoas olhando e presenciando a atitude insana do colega.

Segundo relatos da família de Glenda, o médico já foi diagnosticado como sociopata e tem um temperamento muito agressivo, inclusive os pais do agressor que também são médicos e conhecidos em Manaus, relatam que não aguentam mais as atitudes do filho. No casamento anterior a ex-esposa teve que sair de Manaus fugida, para não ser morta, relata a mãe de Glenda.

Glenda também conta que durante o trajeto de barco de volta para a marina, o médico continuou espancando e a jogou no rio numa tentativa de assassinato. Glenda diz que só não morreu porque o barqueiro pulou na água para socorrê-la. Desesperada, Glenda pediu que ele parasse as agressões mais a ira do marido era absurda e incontrolável.

No carro do casal até a chegada na casa dos pais de Glenda o médico continuava a espancar, gritar, xingar e ofender a esposa. Quando chegou na casa dos pais da vítima, o médico jogou a pobre esposa na calçada e gritou para os pais ‘ toma tua filha, vagabunda’!

Na rede social Glenda desabafou:

 

Além de agredir, espancar e torturar a esposa,  o Médico, depois que levou a vítima para casa dos pais, envia vários áudios para a família dizendo que faria tudo novamente.

 

Família já tomou providencias e o médico sociopata irá pagar pelo que fez.

 

 

 

 

Deixe seu like:

FAÇA SEU COMENTÁRIO SOBRE ESTA NOTÍCIA