Manaus – Um cadáver, até o momento não identificado foi encontrado na manhã desta quinta-feira (10) em uma área de mata na invasão Monte Horebe, por trás do Conjunto Viver Melhor na Zona Norte de Manaus. 

A polícia acredita na hipótese do corpo ser de Leilson de Souza Marinho, de 35 anos,  padrasto de Sádia Reis Barros, de  11 anos  que está desaparecido desde o dia 16 de setembro deste ano.

De acordo com o tenente Afonso da Polícia Militar, o corpo foi encontrado após buscas da equipe do CipCães, com a ajuda da cadela Fiona.

“Ainda não sabemos se é um corpo de sexo masculino ou feminino. O corpo está em uma área de difícil acesso. Ainda não temos muitas informações”, disse.

Entenda o caso 

Sádia e o padrasto desapareceram após a menina acusar Leilson de estupro. De acordo com informações da polícia, o homem foi capturado por membros da FDN que comanda a área do Monte Horebe e foi executado em um suposto “tribunal do crime. 

Após 20 dias desaparecida, Sádia foi encontrada na última sexta-feira (4), por policiais da 15ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), na avenida Margarita, bairro Nova Cidade, Zona Norte.