Manaus – Na manhã desta quarta-feira (07), o candidato a prefeito de Manaus e deputado federal, Capitão Alberto Neto, deteve um assaltante que tocava o terror na linha 651. O ônibus estava passando pela Avenida Cosme Ferreira, no bairro do Coroado, na zona leste de Manaus.

Alberto Neto participava de um adesivaço e bandeiraço da sua campanha eleitoral, quando percebeu que o ônibus estava sendo assaltado após ouvir grito dos passageiros. Rapidamente, o candidato do partido Republicanos sacou o revólver e conseguiu impedir o arrastão.

Vale ressaltar que o Capitão possui porte de arma, que durante a sua carreira na polícia teve bons treinamentos que influenciou, inclusive, o mesmo a se tornar instrutor de tiro.

O meliante foi detido até que a polícia chegasse e o levasse ao Distrito Integrado de Polícia mais próximo.

Ao vivenciar de perto a rotina de risco que o manauara sofre diariamente, o candidato a prefeito reforçou o projeto de autoria própria, chamado “Buser”, que funcionaria tanto para ver os horários dos coletivos, quanto para acionar a polícia de forma rápida por um botão de emergência.

Confira na íntegra a nota de Imprensa do Capitão Alberto Neto:

Enquanto o candidato a prefeito de Manaus, vice-líder no Governo Bolsonaro na Câmara, deputado federal, Capitão Alberto Neto estava com sua equipe bandeirando na manhã desta quarta-feira, 07, no bairro Coroado, zona Leste, percebeu que havia algo de errado na linha 651.

Imediatamente o espírito policial falou mais alto e ele entrou no veículo prendendo em flagrante o suspeito acusado pelos passageiros de estar assaltando o coletivo.

“Acabamos de participar de uma ocorrência policial, onde infratores levaram celulares das vítimas que estavam no ônibus, aqui na frente do Coroado, onde nós estávamos fazendo nossa panfletagem. Esse é o drama que a população manauara passa todos os dias, a falta de segurança nos coletivos, por isso temos no nosso programa de governo o BUSER, é um aplicativo que vai monitorar nossa frota, primeiro ele vai dá qualidade de vida que você vai saber que horas por meio do aplicativo o teu ônibus vai passar na tua parada, segundo a frota vai ser monitorada, em caso de emergência, o motorista, o trocador vai apertar o botão do pânico, botão de emergência, a frota monitorada a viatura mais próxima faz a abordagem e coloca o bandido na cadeia. Hoje colocamos mais um infrator na cadeia, e assim vai ser a nossa rotina como prefeito de Manaus, vamos levar segurança para o nosso povo, assaltante não vai ter vez dentro de ônibus não”, falou Alberto Neto.

Policiais da 14ª Companhia Interativa Comunitária (CICOM) foram acionados para fazer a apreensão. E o Capitão Alberto Neto seguiu para fazer boletim de ocorrência.