Cabeleireiros venezuelanos são presos com munições e drogas no Centro

Os cabeleireiros venezuelanos Eduard Aljevis Hospedales, 25 anos, e Felix José Salazar Hospedades, 24 anos, foram presos em flagrante, na manhã de quarta-feira (26), envolvidos com o tráfico de drogas na cidade. O fato ocorreu na Avenida Lourenço da Silva Braga, conhecida como “Manaus Moderna”, no bairro Centro, zona Sul da capital.

De acordo com o delegado do 6º Distrito Integrado de Polícia (DIP), Jeff David Mac Donald, a equipe de investigação do 6º DIP chegou até os infratores após receber denúncias anônimas, feitas ao disque-denúncia da unidade policial (92) 99184-4434, informando que dois cabeleireiros estavam comercializando entorpecentes em uma feira naquela região, no bairro Centro.

“Os infratores residem em Manaus há um ano. São cabeleireiros nômades e, por não possuírem local de trabalho fixo, tivemos certa dificuldade em localizá-los. Montamos campana no local indicado pela denúncia e efetuamos o flagrante. Durante revista encontramos em posse dos infratores 25 trouxinhas de oxi e uma porção pequena de maconha”, explicou o titular do 6º DIP.

Em ato contínuo os policiais civis seguiram até o hotel onde os infratores estavam morando, na Rua Lima Bacuri, no bairro Centro. No interior do quarto deles foram apreendidas quatro munições de arma de fogo calibre 44 e um munição de pistola calibre 380. Ambas de uso permitido.

Eduard e Felix foram autuados em flagrante por tráfico de drogas, associação para o tráfico e posse irregular de arma de fogo de uso permitido. Ao término dos procedimentos cabíveis na delegacia, os infratores serão levados para Audiência de Custódia no Fórum Ministro Henoch da Silva Reis, no bairro São Francisco, zona Sul da capital.

ver mais notícias