bebê é violentado por padrasto
Um bebê de um ano está em coma lutando pela vida após o padrasto, identificado como Shawn Wesley Averett, de 33 anos, ser acusado de cometer abuso e tortura sexual contra a criança.

De acordo com o The Sun, o homem foi preso após a criança ser levada ao hospital com diversos hematomas. O caso aconteceu em Jemison, no Alabama, nos Estados Unidos (EUA).

Bebê é violentado por padrasto aos 16 meses de vida

Conforme o Departamento Policial de Jemison, os investigadores foram notificados sobre o caso pelo hospital que atendeu o bebê.

Shawn Wesley Averett foi preso no dia 18 de julho e é acusado de abuso infantil agravado e tortura sexual.

De acordo com a mãe da criança, que criou uma página crowdfunding para arrecadar dinheiro para ajudar nas despesas com a criança, o filho está em situação crítica.

“Meu filho de 16 meses ficou gravemente ferido e está em estado crítico. Ele está em coma induzido. Seu cérebro está inchado e com sangramento”, disse a mãe do bebê.

Além disso, a mulher informou que a criança tem muitos danos cerebrais. “Estão fazendo tudo que podem para diminuir o inchaço do cérebro dele. Ele tem tubos e fios da cabeça aos pés”.

Por fim, com esperança a mãe finaliza contando que quando conseguiu segurar a mão do filho, ele tentou mexer os dedos, mesmo estando paralisado. “Me fez perceber que ele sabia que eu estava ali com ele”.

Agora, a investigação sobre o caso segue em andamento por um tempo, conforme a polícia.