Atenção: bandidos estão roubando motos para realizarem arrastão coletivo de final de ano em Manaus

Por Sthefane Campos em 15 de dezembro de 2021 às 10:01 | Atualizado 15 de dezembro de 2021 às 10:01

Manaus – Dois criminosos, ainda não identificados, tocaram o terror na noite da última terça-feira (14), na rua Jutaí, bairro Jorge Teixeira, zona Leste de Manaus. A dupla roubou a moto de uma mulher que estava indo deixar uma amiga em casa.

De acordo com informações preliminares, os suspeitos estavam em uma moto realizando arrastões na área quando avistaram a mulher em uma motocicleta e a surpreenderam anunciando o assalto. Um dos assaltantes desceu do veículo para pegar a moto da mulher, que entregou imediatamente com medo de ser baleada.

A vítima tinha acabado de deixar uma amiga em casa quando foi surpreendida pelos bandidos. A placa da motocicleta roubada, modelo Biz é NOI-3157.

Câmeras de segurança registraram o momento da ação criminosa que podem ajudar a identificar os suspeitos. Qualquer informação sobre o paradeiro dos assaltantes, informar à polícia por meio do 190 ou 181.

Leia mais: Alerta: se você ver esse motoqueiro no São José, corra e chame a polícia; veja vídeo

Leia mais: Criminoso tenta matar motoboy da Drogaria Riachão durante assalto no Cidade Nova; veja vídeo

Veja o vídeo:

Arrastão coletivo de fim de ano

Não dá para relaxar. O espírito natalino e a expectativa para um novo e bom ano não impedem que a criminalidade ocorra. A Polícia Militar alerta que é justamente nesse período que bandidos aproveitam e fazem crescer em até 10% as ocorrências. São casas vazias, comércios e ruas cheias, mais dinheiro circulando e menos atenção da população.

O número de roubos de motocicleta aumentaram no mês de dezembro em Manaus e preocupa a polícia, que investiga um possível arrastão coletivo de final de ano, visto que nessa época festiva os episódios de roubo tendem a aumentar.

Foi observado pelas autoridades um aumento da criminalidade em virtude das casas vazias por viagens dos proprietários, maior volume de pessoas fazendo compras nas ruas, passeios com veículos e circulação de mais dinheiro com o pagamento do 13º salário. Isso ocorre geralmente em dezembro, quando a população relaxa e acaba sendo vítima de oportunistas.