Manacapuru – Nesta sexta-feira (24), a liberdade de um mototaxista acusado de estuprar uma adolescente de 15 anos causou revolta. Ele foi identificado como Ernane Afonso de Queiroz (32).

O crime ocorreu em março de 2019, quando a mãe da menina solicitou que o acusado levasse a jovem para escola, no bairro Terra Preta, no município de Manacapuru.

Após o crime a menina desesperada pediu por ajuda e foi levada por um Conselheiro Titular a um hospital local.

O homem foi preso em flagrante, mas o réu confesso foi posto em liberdade no início do mês de julho após exercer o prazo de julgamento do caso.

Na ocasião a delegada Roberta Merly chegou a dizer que Ernane estava sob o efeito de drogas.

Em um vídeo o homem chegou a insinuar que foi possuído por uma força sobrenatural, já que ele se julga ser um homem bom: “Sinto muito né? Não foi porque eu quis né? Algo me tomou pois eu sou uma pessoa muito boa, minha esposa sabe disso!”, afirmou o mototaxista.