Manaus – A Polícia Civil do Amazonas, por meio da equipe da Delegacia Especializada em Apuração de Atos Infracionais (Deaai), cumpriu na manhã de quarta-feira, 29, por volta das 10h, mandados de busca e apreensão em nome de duas adolescentes, de 15 e 17 anos, envolvidas no latrocínio do administrador de estaleiro Flávio Lameira de Oliveira, ocorrido na tarde do dia 30 de maio deste ano, na rua Urequema, primeira etapa do bairro Cidade Nova, zona norte da cidade. A vítima tinha 36 anos.

De acordo com a autoridade policial, as ordens judiciais em nome das adolescentes foram expedidas no dia 17 de julho deste ano, pelo juiz Eliezer Fernandes Júnior, da Vara do Juizado Infracional da Infância e da Juventude. Conforme a delegada, o mandado de busca e apreensão em nome da adolescente de 15 anos foi cumprido na rua Arariba, bairro Monte das Oliveiras, zona norte de Manaus. Já a adolescente de 17 anos foi apreendida na rua Itaúba, também naquele bairro.

Elizabeth de Paula disse, ainda, que o administrador de estaleiro foi a óbito durante a ação criminosa. A delegada enfatizou que as adolescentes presenciaram o delito e chegaram, inclusive, a entregar ao comparsa a arma utilizada para alvejar a vítima.

As adolescentes irão responder por ato infracional análogo ao crime de latrocínio. Ao término dos procedimentos legais na Deaai, elas serão encaminhadas ao Centro Socioeducativo Marise Mendes, localizado na travessa A do bairro Alvorada, zona centro-oeste de Manaus.