Manaus – O mecânico Willian Benevides Filho, de 45 anos, foi preso acusado de ter estuprado e engravidado uma adolescente de 14 anos.

Willian foi apresentado durante coletiva de  imprensa nesta sexta-feira (30) na sede da Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca), no bairro Aleixo, na Zona Centro-Sul de Manaus.

A delegada Joyce Coelho, titular Depca, contou que o caso começou em outubro do ano passado quando a menina tinha 13 anos e acusou o seu próprio pai de estuprá-la dos 5 aos 10 anos de idade. Mas a informação falsa do crime seria um plano para que a menina saísse de casa para morar com Willian. Ele conheceu a vítima quando prestava serviços à família.

A adolescente conheceu o indivíduo por meio de uma rede social e, a partir disso, começaram a namorar, sem o consentimento dos pais dela, pois o homem era casado.

“Tomamos conhecimento do caso após a adolescente acusar o próprio pai de abusar sexualmente dela. Mas, durante as diligências, descobrimos que, na verdade, a adolescente e William tiveram a ideia de incriminar o pai dela, com o objetivo de ela ir morar com o infrator. Instauramos o Inquérito Policial (IP), mas, por medo de ver o pai ser preso, a adolescente relatou a verdade e contou que estava grávida de William, com quem mantinha um relacionamento amoroso. Ao saber da gravidez, o infrator terminou o relacionamento com a adolescente”, explicou Coelho.

Procedimentos – William foi indiciado por estupro de vulnerável. Ao término dos procedimentos cabíveis na DEPCA, ele será encaminhado ao Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM), onde deverá ficar à disposição da Justiça.