Goiás- Magistrados, empresários e advogados são alvos de uma operação da Federal que ocorre na manhã dessa terça-feira (30), em Goiás. Ao todo são cumpridos 17 mandados de busca e apreensão nas casas e escritórios dos mesmos.

A suspeita é que eles estejam envolvidos em um esquema de negociação criminosa em processo de recuperação judicial de uma grande empresa que não teve o homem revelado pela PF.

 

O grupo teria “acertado” decisões judiciais. O Supremo Tribunal de Justiça foi quem autorizou o inquérito que corre em segredo de justiça.

Tags: ,