Brasil – A Polícia Federal (PF) deflagrou nesta última terça-feira (17) a oitava fase da Operação Roda Gigante para combater o compartilhamento de arquivos de abuso sexual infantojuvenil na internet. Um brasileiro e um estrangeiro foram presos na ação.

As investigações, que tiveram início há um mês, identificaram o compartilhamento de arquivos com conteúdo de abuso sexual infantojuvenil entre dois usuários de uma rede social. Por meio de cooperação policial internacional, o estrangeiro foi identificado.

A Polícia Federal representou por um mandado de busca e apreensão, expedido pela 35ª Vara Federal de Belo Horizonte e cumprido na residência do brasileiro.

Os agentes encontraram arquivos com conteúdo infantil, configurando o crime previsto pelo artigo 241-B do Estatuto da Criança e do Adolescente. Foram apreendidos equipamentos e mídias computacionais. Se condenado, o suspeito poderá cumprir até 6 anos de reclusão.

Em agosto deste ano, a Polícia Federal deu início às fases 5, 6 e 7 da Operação Roda Gigante e cumpriu três mandados de busca e apreensão em Belo Horizonte e dois em Betim, Minas Gerais.

Fonte: Metrópoles