Pará – Foi preso nesta quarta-feira o pastor evangélico Aylton Neves Gonçalves, de 40 anos, flagrado após marcar encontro com uma adolescente de 14 anos. Ele foi levado para a Seccional do bairro do Guamá, em Belém.

Conforme relatou o delegado Daniel de Castro, diretor da seccional, a mãe da jovem fez a denúncia após ler a conversa do homem com a garota, em aplicativo de bate-papo no celular.

Nela, a menina era coagida a mostrar partes íntimas através de fotos, o popular “nudes”.

“Era aquela questão de troca de mensagens. Ele dizia que se ela não se submetesse a lascívia (libidinagem) dele de mostrar as partes íntimas seria acometida de uma doença e podia até morrer”, disse o delegado.

Após a denúncia, a polícia seguiu o envolvido e compareceu no local onde o encontro foi marcado, dando o flagrante, nesta quarta-feira.