Brasil – Os animais possuem sentidos diferentes dos nossos e podem pressentir muitas coisas que, para os humanos, pode parecer até um comportamento sobrenatural. Mas, na verdade, está tudo dentro da ciência e daquilo que os animais são capazes de sentir. 

Emoções humanas

Está comprovado: animais como os gatos conseguem, com o tempo, entender as expressões faciais humanas e entender nossos sentimentos. Portanto, seu gato pode realmente perceber quando você está triste e ir te confortar, assim como ele pode entender uma série de emoções que você nem imaginava que ele sabia.

Tempestades

Cachorros, gatos e outros animais menos domesticados, conseguem realmente prever tempestades. Seja com seus ouvidos bem aguçados, pelo barulho dos trovões, ou por perceber algumas mudanças climáticas no que diz respeito à umidade local. Portanto, se seu cão começa a procurar um lugar onde se proteger da chuva, saiba que vem tempestade por aí.

Terremotos e desastres naturais

Sim, muitos animais conseguem prever um terremoto ou desastre natural e começam a agir de forma estranha. Os cães, por exemplo, podem ficar nervosos; os gatos podem detectar vibrações a partir de suas patas e seus bigodes, e até mesmo outros animais na natureza começam a buscar lugares altos e seguros para se protegerem.

Doenças graves

Esse item pode parecer loucura, mas principalmente os cães conseguem prever e até mesmo evitar doenças graves, como a epilepsia e o câncer. Os cachorros conseguem sentir um odor que os humanos liberam quando estão com câncer ou diabetes e, normalmente, passam a cheirar seus donos de forma mais enfática. Além disso, alguns cães são treinados para prever convulsões e até mesmo deitar em cima de seus donos quando a convulsão acontece, ajudando pessoas que sofrem com elas constantemente.

A morte de seu dono

Como mostra o filme “Sempre ao Seu Lado” (2009), os cães podem sentir a ausência de seu dono e sofrer muito com sua morte. Mas, além disso, há relatos até mesmo de cachorros que conseguem prever e se comportar de forma estranha, uivando por exemplo, no momento anterior à morte.

O nascimento de um bebê

Quando uma mulher vai entrar em trabalho de parto, ela libera uma série de hormônios que a preparam para o grande momento. Tais hormônios também liberam odores que, apesar de muitas vezes não serem notados pelos humanos, não são alheios aos cães, que conseguem farejar um bebê a caminho.

Refúgios seguros e ajuda

Os animais conseguem detectar algum refúgio ou lugar onde conseguiriam ajuda, seja pela sua audição ou simplesmente por identificar presenças que lhe são familiares, como seus donos. Cães, por exemplo, podem localizá-los de longe e ir em sua direção caso estejam em alguma encrenca.

Vibrações ultrassônicas

Como os gatos são caçadores tão bons? Bem, além de conseguir enxergar muito bem no escuro, os felinos também são capazes de ouvir sons ultrassônicos. Assim, eles podem ouvir, por exemplo, alguns sons dos roedores que caçam e que nós, humanos, não podemos detectar. É por isso que, às vezes, alguns animais parecem conseguir pressentir presenças de fora. 

Fonte: UOL.