Manaus – A evolução nas relações de consumo requer novos modelos de parceiras que beneficiem os estabelecimentos comerciais e os consumidores.  Além dos benefícios financeiros, gerar um diálogo e elo entre marcas e clientes torna-se cada vez mais imprescindível.

Com o objetivo de dinamizar essa relação comércio-cliente no estado do Amazonas, a Fecomércio AM criou o programa Comércio Mais. Com ofertas, descontos e a ampliação da demanda, o projeto visa beneficiar estabelecimentos comerciais conveniados, que ao oferecerem descontos em produtos e serviços atrairá um número maior de consumidores.

O presidente da Fecomércio AM, José Roberto Tadros, destaca a importância do programa aos empresários. “O Comércio Mais propiciará um aumento nas vendas, assim como contribuirá para que a sociedade possa comprar com preços diferenciados, sendo um facilitador de negócios e aproximando a Federação do Comércio e os Sindicatos Patronais dos empresários e esses do consumidor, formando assim um círculo virtuoso de relações proveitosas, que estimulará a circulação da riqueza e a defesa dos mais lídimos interesses dos empresários”, explicou Tadros.

A implementação do programa Comércio Mais, com o cartão de benefícios da Fecomércio, será na forma de parcerias e convênios com diversos segmentos comerciais e de serviços, no intuito de oferecer um trabalho de excelência.

Através de uma seleção de conveniados entre eles hospitais, clínicas médicas, odontológicas, de fisioterapia, laboratórios, academias, floriculturas, cursos, materiais de construção, supermercados, restaurantes, além de livrarias, postos de combustíveis, clínicas de estética e beleza, óticas, lavanderias, hotéis.

Ao se cadastrar no programa, o empresário abre espaço para captar novos clientes, facilitar o consumo nos pontos de venda e a oportunidade de fidelização. Para a comerciante Socorro Tapajós, sócia da Tapajós Tecidos, a expectativa é grande com a adesão ao Comércio Mais, pois segundo ela a “moeda da vez” são as parcerias.