BTG Pactual vende BSI para o EFG International

Por kayausterlitz em 1 de março de 2016 às 11:19 | Atualizado 5 de agosto de 2016 às 5:06

RIO – O BTG Pactual anunciou na manhã desta segunda-feira a venda do banco suíço BSI para a empresa de negócios globais em private banking e asset management EFG International, com sede em Zurique. A transação, que deve totalizar entre 1,5 bilhão de francos suíços e 1,6 bilhão de francos suíços, envolve dinheiro e ações.

O BTG receberá cerca de 1 bilhão de francos suíços em dinheiro e terá entre 20% e 30% da instituição combinada. A conclusão da aquisição está sujeita à aprovação de acionistas e órgãos reguladores. A instituição resultante da operação terá aproximadamente 171 bilhões de francos suíços em ativos de clientes e 860 gerentes de relacionamento em todo o mundo.

De acordo com o BTG, os dois bancos “oferecem plataformas e conhecimento complementares, com expressiva presença na Europa, Ásia e América do Sul, e juntos constituirão um dos maiores private bankings na Suíça”.

“O EFG representa uma alternativa excelente para o BSI, e a combinação das duas instituições é um grande desenvolvimento da nossa visão da consolidação do mercado de private banking suíço. Permanecemos confiantes na Suíça como um centro financeiro para a gestão de fortunas globais e estamos comprometidos com nosso investimento de longo prazo neste novo campeão suíço, após a combinação dos bancos”, afirmou em nota, Marcelo Kalim, copresidente executivo do BTG Pactual.

Deixe seu comentário