Mundo – No vídeo a mãe relata que a filha de dois anos, foi estuprada e assassinada em 2017.

O caso aconteceu em um cemitério do Novo México, a mãe garante que nas filmagens é a sua filha.

As filmagens só foram feitas após familiares notarem que estava sumindo pertences do túmulo do seu ente, um outro rapaz. Eles desconfiavam que os vigilantes estavam vandalizando o túmulo.

Ao instalarem as câmeras em uma árvore, notaram que se tratava de uma criança, na calada da noite, mexendo no túmulo.

Os seguranças ao verem as imagens, reconheceram a menina e se dirigiram ao local onde ela está enterrada, no mesmo cemitério. Ao chegarem, se depararam com a mãe da menina, que viu as filmagens, e confirmou que era a filha dela.

A mãe acredita que a filha tenha virado um anjo, e está ajudando o homem do outro túmulo a seguir os caminhos de Deus.