O presidente republicano dos Estados Unidos, Donald Trump, declarou no sábado (18) ser “decididamente pró-vida”, mas com exceções para a interrupção da gravidez em casos de estupro ou incesto.

“Como a maioria das pessoas sabe, e para aqueles que gostariam de saber, eu sou fortemente pró-vida, com as três exceções – estupro, incesto e proteger a vida da mãe – a mesma posição tomada por Ronald Reagan”, publicou Trump em seu Twitter.

Donald J. Trump

@realDonaldTrump

As most people know, and for those who would like to know, I am strongly Pro-Life, with the three exceptions – Rape, Incest and protecting the Life of the mother – the same position taken by Ronald Reagan. We have come very far in the last two years with 105 wonderful new…..

45,3 mil pessoas estão falando sobre isso

O presidente americano ainda publicou: “Se formos tolos e não ficar unidos como um, todos os nossos ganhos duramente combatidos para a vida podem, e vão, rapidamente desaparecer!”

Além do Alabama e de Missouri, que aprovaram leis contra a prática nesta semana, outros estados americanos também aprovaram leis contra o aborto. São eles: Geórgia, Ohio, Mississippi, Kentucky, Iowa e Dakota do Norte.

Diante de tais acontecimentos, é esperado que o aborto seja um dos principais temas na pauta da campanha para a presidência do país em 2020.

Um dos possíveis candidatos pelo Partido Democrata, Bernie Sanders, já se declara a favor da prática como um “direito constitucional”:

Fonte : Conexão Política https://conexaopolitica.com.br/mundo/eua/trump-diz-ser-favoravel-ao-aborto-em-casos-de-estupro-incesto-e-risco-de-vida-para-a-mae/