A Rússia anunciou ter iniciado testes em animais de uma vacina contra o novo coronavírus e espera ter para junho os primeiros protótipos.

“Já começamos os testes com animais de laboratório (…) para avaliar a eficácia e a segurança da vacina”, declarou ao canal Rossia 1 Ilnaz Imametdinov, diretor do centro estatal de pesquisas em virologia e biotecnologia Vektor.
O centro com sede em Novosibirsk (Sibéria) criou uma dezena de tipos de vacinas, assim como testes para a detecção do novo coronavírus, de acordo com a emissora.
“A partir de junho, planejamos apresentar um ou dois tipos, cujos testes apresentem os melhores resultados”, explicou Imametdinov.
A Rússia anunciou no fim de janeiro ter recebido da China o genoma de COVID-19 e informou que iniciaria imediatamente o desenvolvimento de uma vacina contra o novo coronavírus.
As autoridades de saúde dos Estados Unidos anunciaram na segunda-feira que o primeiro teste clínico de uma vacina contra o novo coronavírus, com a participação de 45 voluntários, começou em Seattle.
Oficialmente, a Rússia registra 93 casos de contágio de COVID-19 e nenhuma morte.