Maradona me estuprava enquanto a minha mãe chorava atrás da porta, revela ex namorada

Por Thiago Quara em 21 de novembro de 2021 às 15:56 | Atualizado 21 de novembro de 2021 às 15:56

Mundo – Mavys Álvarez sofreu um verdadeiro pesadelo ao lado de Diego Armando Maradona. Uma das antigas namoradas de El Pibe, Mavys Álvarez, concedeu uma entrevista ao portal Infobae, onde relatou vários episódios de maus tratos.

“Maradona tapou-me a boca para eu não gritar, para eu não dizer nada enquanto me violava. A minha mãe veio ver-me naquele dia à casa onde estávamos em Havana e Diego não queria abrir a porta do quarto. A minha mãe bateu à porta e ele não abriu. Ele violou-me. Foi o que aconteceu”, explica Mavys Álvarez sobre o pior momento que viveu com Maradona.

O argentino recusou-se a abrir a porta até decidir ir embora. “Diego nunca abriu a porta. Ele nunca a abriu. A minha mãe continuava a bater e a chorar atrás da porta porque sabia que estávamos ali. Ele nunca a abriu até que teve de sair, porque não a queria abrir”, revelou a namorada cubana de El Pibe.

“Ele não me deixou gritar. Ele não me deixou. Não consegui. Eu não podia. Ele não me deixava. Ele dizia-me “cala-te, cala-te, porra”. Ele disse suavemente: ‘Cala a boca, cala a boca’. E eu não podia… não podia”, acrescentou.

Com informações Notícias do Minuto 

Deixe seu comentário