Homem é acusado de tentativa de homicídio após contaminar cerveja do chefe com Covid

Por Redação Lima em 9 de fevereiro de 2021 às 22:24 | Atualizado 9 de fevereiro de 2021 às 22:34

Mundo – Um vendedor de carros identificado como Ramazan Cimen foi acusado nesta terça-feira (9) de tentativa de homicídio pelo chefe, Ibrahim Unverdi, na Turquia. Cimen é acusado de comprar a saliva de um infectado e misturar na bebida do chefe.

Depois da tentativa de contaminar o copo com o novo coronavírus, Cimen ainda ameaçou o chefe.  “Eu não pude te matar com o vírus. Eu vou atirar na sua cabeça na próxima vez”. Ao apresentar as mensagens, Unverdi passou a receber proteção policial. “Eu preferia que ele me matasse do que tentasse me infectar com o vírus. Minha mãe e meu pai tem doenças crônicas. Se ele me infectasse com a Covid-19, eu poderia ter infectado minha família e todos a minha volta. Pelo menos, se ele atirasse na minha cabeça, eu seria o único a morrer”, disse ao jornal local Hurriyet.

Cimen está foragido.

 

Deixe seu comentário