Grávida é imunizada e da à luz a um bebê com anticorpos contra a Covid

Por Rodrigues em 11 de fevereiro de 2021 às 18:18 | Atualizado 11 de fevereiro de 2021 às 18:18

Mundo – Uma notícia revelada por pesquisadores da Universidade Atlântica da Flórida encheu de esperanças mães que estão à espera de seus bebês e mulheres que estão com medo de engravidar na pandemia. Uma mulher que tomou vacina contra a Covid deu à luz ao um bebê com anticorpos contra o coronavirus. A notícia foi dada na revista  medRvix, na última sexta-feira (5).

Por hora, as grávidas ainda não podem ser imunizadas, pois os testes não foram concluídos em gestantes.  Essa mãe da Califórnia foi imunizada com 36 semanas e três dias de gravidez. “Demonstramos que os anticorpos anti-SARS-CoV-2 IgG são detectáveis em uma amostra de sangue do cordão umbilical de recém-nascidos após uma única dose da vacina. Portanto, há potencial para proteção e redução do risco de infecção do SARS-CoV-2 com a vacinação materna”, diz o estudo.

Apesar de o resultado ser animador, os cientistas alertam que o estudo é preliminar. “Mais estudos serão necessários para quantificar a quantidade de anticorpos neutralizantes virais presentes em bebês nascidos de mães que são vacinadas antes do parto. Além disso, instamos outros pesquisadores a criar registros de gravidez e amamentação, bem como conduzir estudos de eficácia e segurança das vacinas contra a Covid-19 em mulheres grávidas e lactantes e seus filhos”, afirmam.

Deixe seu comentário