Mundo – Uma jovem identificada como Jessica Camilleri, de 27 anos, que seria filha de uma mulher identificada apenas como Rita, está sendo julgada após esfaquear mais de 100 vezes, além de decapitar e esquartejar a própria mãe. O caso aconteceu na Austrália.

Logo após o crime a jovem, chegou a acionar o serviço de emergência, ao chegarem ao local a autoridades encontraram uma cena de filme de terror. De acordo com informações dos oficiais, Jéssica, que possui transtornos mentais,  estava completamente coberta de sangue e com uma garrafa de água nas mãos.

Várias partes do corpo da mãe de Rita estavam espalhados pela casa e a cabeça foi encontrada próximo a casa de um vizinho.

Ainda de acordo com alguns parentes que ficaram chocados com o crime, a vítima mãe de Jessica teria pago cerca de 25 mil dólares a uma “comunicadora espiritual”. A médium teria prometido “tirar um demônio do corpo da jovem” por meio de um exorcismo, porém não deu muito certo.

No tribunal, o advogado de Jessica informou que ela cometeu o assassinato em decorrência de suas condições mentais. Ela foi diagnosticada com Transtorno de Déficit de Atenção e dislexia.