Enfermeira é presa após furtar cartão de crédito de paciente grave do COVID-19

Por Thassio Pierre em 11 de maio de 2020 às 9:15 | Atualizado 11 de maio de 2020 às 9:15

Uma enfermeira identificada como Danielle, 43, foi presa no mês de abril por ter furtado o cartão de crédito de um dos seus pacientes, que estava em estado grave no Staten Island University Hospital North, na cidade de Nova York (EUA), vítima do novo corona vírus.

A vítima se chamava Anthony Catapano, de 70 anos, que veio a óbito no dia 12 do mesmo mês. Três dias antes do falecimento de Catapan, Danielle havia usado o cartão para compras de supermecado e de combustível para o seu carro.

A filha de Antony, Tara Catapano, disse não acreditar que mesmo com a pandemia, as pessoas não se sensibilizam com as pessoas que lutam pela vida. “Ela é um ser humano despresível, não merece exercer essa função”, disse Tara. Danielle foi indiciada no dia 07 de maio.

Deixe seu comentário