Manaus 27º
segunda-feira - 16 de maio de 2022

China se retrai com lockdowns sobre fábricas e varejistas

Compartilhe

Brasil – A atividade varejista e industrial da China caiu bruscamente em abril, uma vez que os lockdowns contra a covid-19 confinaram trabalhadores e consumidores em suas casas e afetaram gravemente as cadeias de abastecimento, lançando uma sombra sobre as perspectivas para a segunda maior economia do mundo.

Economia da China se retrai com lockdowns sobre fábricas e varejistas

Em março e abril, foram impostos lockdowns totais ou parciais nos principais centros do país, incluindo Xangai, atingindo a produção e o consumo e aumentando os riscos para aquelas partes da economia global fortemente dependentes da China.

China amplia lockdowns para conter covid e mais fábricas são obrigadas a  parar produção | Mundo | Valor Econômico

As vendas no varejo despencaram 11,1% em abril em relação ao ano anterior, a maior contração desde março de 2020, mostraram dados da Agência Nacional de Estatísticas nesta segunda-feira (16), um declínio mais acentuado do que o previsto em pesquisa da agência de notícias Reuters.

*Com  informações de Agencia Brasil

Deixe seu comentário