‘Cheguei para enterrar os últimos vestígios da Guerra Fria’, diz Obama em Havana - Portal CM7
 
Manaus, 11 de dezembro
Mercado financeiro
Dólar
Euro
 
 
Home / Últimas Notícias / Mundo / ‘Cheguei para enterrar os últimos vestígios da Guerra Fria’, diz Obama em Havana

‘Cheguei para enterrar os últimos vestígios da Guerra Fria’, diz Obama em Havana

Da redação | 22/03/2016 12:00

HAVANA – No Grande Teatro de Havana, o presidente dos EUA, Barack Obama, levou ‘un saludo de paz’ para os cubanos, num discurso em que misturou palavras em inglês e espanhol, mas com uma mensagem clara: enterrar os últimos resquícios da Guerra Fria.

Apesar da proximidade geográfica entre os dois países, Obama disse que foi preciso viajar uma longa distância para que a primeira visita de um presidente americano em mais de 80 anos se concretizasse. O presidente americano ressaltou que embora haja pontos em comum, há muitas diferenças:

— Não podemos ignorar as diferenças. Cuba é o sistema de um partido; EUA são uma democracia multipartidária. Cuba é socialistas; os EUA são uma sociedade de mercado aberto.

O presidente americano ainda afirmou que o embargo prejudica o povo cubano, em vez de ajudá-lo. Ele afirmou que Cuba não pode ser definida porque é anti-EUA, assim como os Estados Unidos não podem ser definidos por políticas contra Cuba.

El futuro de Cuba tiene que estar en las manos del pueblo cubano — disse, em mais uma frase em espanhol, acrescentando mais tarde: — Todos somos americanos!

Obama ofereceu ainda condolências aos belgas pelos atentados que mataram dezenas de pessoas em Bruxelas.

{{post.date}}

 


Anuncie em Nossas Pesquisas
Anuncie em Nossas Pesquisas

FAÇA SEU COMENTÁRIO SOBRE ESTA NOTÍCIA