Bilionário chinês paga viagem de 3 mil funcionários à Espanha - Portal CM7
 
Manaus, 16 de dezembro 27 ºC Tempo nublado
Mercado financeiro
DólarR$ 3,308 -0,85%
EuroR$ 3,8734 -1,7%
 
 
Home / Últimas Notícias / Mundo / Bilionário chinês paga viagem de 3 mil funcionários à Espanha

Bilionário chinês paga viagem de 3 mil funcionários à Espanha

Da redação | 04/05/2016 18:00

MADRI — A Espanha se prepara para uma “invasão” de chineses, mas isso está longe de ser uma preocupação. Entre esta quarta-feira e até o dia 10 de maio, 3 mil sortudos funcionários terão uma semana de férias no país com todos os custos de hospedagem e transporte pagos pelo patrão. O conglomerado multinacional Tiens — que atua em áreas como biotecnologia, finanças e turismo — deu a viagem para os seus empregados que tiveram melhor desempenho no ano. A empresa é famosa por prêmios desse tipo: no ano passado, 6.400 funcionários ganharam uma viagem a Paris.

O fundador e CEO da empresa, o chinês Li Jinyuan, cuja fortuna é estimada em € 5 bilhões, afirma que a viagem é uma estratégia para aumentar a confiança dos empregados. Ele terá que desembolsar cerca de € 7 milhões com os custos de 1.650 quartos de hotel alugados, 70 ônibus e quatro trens de alta velocidade.

Os premiados passarão pelas cidades de Madri, Barcelona e Toledo. Na primeira cidade, alguns dos seus programas serão comer uma paella gigante e tomar sangria em um famoso restaurante e assistir a uma apresentação de flamenco. Além disso, eles estenderão uma placa de 100 x 60 metros com a frase: “Paz e Progresso.” Os organizadores alugaram também uma praça onde haverá touradas, sem morte para os animais.

O brinde que os funcionários da Tiens receberam também é muito benéfico para a Espanha. Além dos gastos com hotéis, trens e ônibus, estima-se que cada um dos viajantes gastará cerca de € 1.500. Os custos totais devem ultrapassar € 30 milhões. Para agradecer, o secretário de turismo da capital espanhola presenteou Jinyuan com uma camisa do Real Madrid autografada por Cristiano Ronaldo.

O país europeu quer aumentar o número de visitantes chineses, já que, quando estes vão à Europa, geralmente optam por locais como Itália, Suíça ou França. Para conseguir mais turistas da China, a Espanha espera que, ainda em 2016, iniciem-se linhas aéreas que liguem Madri diretamente a Hong-Kong e Xangai.

{{post.date}}

 


Anuncie em Nossas Pesquisas
Anuncie em Nossas Pesquisas

FAÇA SEU COMENTÁRIO SOBRE ESTA NOTÍCIA